COMERCIAL

RESTAURANTE

Rio de Janeiro

A intenção do projeto era dar a maior amplidão possível ao ambiente. Para isso implantamos o espaço aberto, onde  as salas com mesas, o espaço de preparo de sushi, e a cozinha  se comunicam visualmente.  Esta última é envidraçada para evitar a propagação de odores do preparo no fogão e no forno, tendo um aspecto de aquário.

Outra intenção foi incrementar a capacidade do restaurante. O antigo estabelecimento que ali funcionava  ocupava a planta em "L" com o buffet para self-service na ala menor, e o salão com as mesas na ala maior.  A área do buffet foi para o centro da planta, liberando as duas salas para as mesas. O aumento no número de lugares  com o novo layout foi expressivo.

Outra grande mudança foi em relação ao aporte de luz natural. Observamos que a maior  parede do espaço, da ala longa da planta,  tinha tido aberturas que foram emparedadas. Atrás desta parede há um pátio de serviço com estacionamento, interno aos edifícios à sua volta.

 

Optamos por substituir a alvenaria  por  tijolos de vidro nesses antigos vãos. Esse material translucido, mas não completamente transparente  deixa a luz natural  penetrar o ambiente, e  impede a visão nítida do pátio, lugar sem atrativo ou interesse particular.

Projeto: Manoel Araujo, Luis de Queiroz, José Paulo Loureiro Viana

Fotos: Celso Brando

PLANTAS > CORTES

Projeto
Projeto

press to zoom
Antes
Antes

press to zoom
Corte
Corte

press to zoom
Projeto
Projeto

press to zoom
1/6